Publicado em

Curiosidades sobre o mel

O MEL

O mel é considerado um adoçante natural tem aparência viscosa e é produzido pelas abelhas a partir do néctar das flores, é utilizado desde a antiguidade por ser considerado um produto especial. A composição do mel pode ainda variar de acordo com a espécie da abelha, o clima e as flores, porém, é constituído basicamente de açúcares. Conheça os benefícios do mel e algumas curiosidades no decorrer do texto.

COMO CONSUMIR O MEL

Pode ser usado como alimento substituto do açúcar comum, por exemplo, pode ser consumido nas frutas, receitas de bolos, panquecas, ou em torradas, pães, iogurtes, sucos e etc.

BENEFÍCIOS DO MEL:

Dentre os principais benefícios do mel podemos destacar:

– Ação antibacteriana e anti-inflamatória, ajudando no combate a infecções e inflamações;
– Efeito cicatrizante, sendo ótimo para pele, no tratamento de queimaduras;
– Propriedades antioxidantes, contribuindo para redução dos radicais livres;
– Ação Prebiótica (estimulando na melhora da microbiota intestinal);
– Rico em vitaminas (potássio, cálcio, magnésio, ferro e outros minerais);
– Fornece energia;
– Ação relaxante e melhora do sono, pois estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer e bem estar.

CONTRA INDICAÇÕES E EFEITOS COLATERAIS:

O mel não é recomendado para pessoas que possuem diabetes. Isto porque este alimento rico em açúcar e pode levar a picos de glicemia no organismo. Grávidas também devem ficar atentas a este alimento e procurar inclui-lo em uma dieta saudável, a fim de evitar o risco de diabetes gestacional.

O consumo excessivo do alimento pode causar um ganho de peso, pois é rico em açúcares simples e se torna calórico, porém se ajustado a uma dieta saudável e aliado com a prática de exercício físico, pode ser um bom aliado a saúde.

Além disso, outro caso em que o consumo não deve acontecer é em crianças menores de um ano de idade, pois há riscos de contaminação pelo Clostridium botulinum, que transmite o botulismo. Isso acontece porque as crianças com essa faixa etária não possuem a microbiota formada completamente.

VALIDADE DO MEL:

Por ser um alimento com altas concentrações de açúcar, umidade e pH ácido, o mel acaba inibindo a proliferação de micro-organismos, mantendo assim a sua validade por anos. No entanto, algumas formas de guardar o mel contribuem para que ele dure mais, por isso o ideal é colocá-lo em um recipiente bem fechado e armazenar em local mais escuro e úmido.

Para mais informações nutricionais sobre outros alimentos, consulte aqui